WhatSim, um chip de celular de R$ 30 para uso exclusivo do WhatsApp

WhatSim
Usado por 700 milhões de pessoas em todo o mundo, o WhatsApp se tornou a principal referência quando falamos de aplicativos de mensagens instantâneas. Por outro lado, a ferramenta, comprada pelo Facebook no ano passado por US$ 19 bilhões se tornou uma verdadeira ameaça às operadoras de telefonia móvel, que tentam encontrar alternativas para incentivar o uso do SMS.
Prevendo que esse sistema de conversas pode chegar ao fim, a empresa italiana Zeromobile lançou nesta semana o WhatSim, um SIM card dedicado apenas para conversar pelo WhatsApp. Nada de ligações, acesso a sites da web ou a possibilidade de baixar outros apps: o chip só funciona para conversas em texto através do WhatsApp. A boa notícia é que, apesar de deixar o smartphone com um único recurso, a função é ilimitada para mensagens escritas e também para o compartilhamento de contatos e localização.
De acordo com o Mannuel Zanella, fundador e CEO da Zeromobile, o WhatSim oferece suporte para 400 operadoras localizadas em 150 países – incluindo o Brasil. O cartão tem um serviço de assinatura anual que custa € 10 (cerca de R$ 30) e pode ser comprado pelo site oficial da companhia. O envio adiciona um gasto extra de € 5 (R$ 15) para quem não mora na Itália e a entidade promete entregar o produto “onde quer que você esteja”.
Além das mensagens de texto, o chip pode liberar o envio de mensagens de voz, fotos e vídeos, mas estes só estão disponíveis se o consumidor adquirir créditos extras, que poderão ser comprados pelo site da operadora a partir de fevereiro deste ano. Outro detalhe é que, como o cartão é de uso exclusivo do WhatsApp, o usuário precisa conectar seu telefone em redes Wi-Fi (públicas ou privadas), já que o SIM card não possui suporte a conexões 3G ou 4G.

A empresa também afirma que está nos planos lançar nos próximos meses um app para recarga desses créditos, e as vendas do chip serão expandidas para uma rede de distribuidores locais em outros 100 países. Fora isso, a Zeromobile planeja lançar uma versão especial do WhatSim para países pobres, onde o cartão poderá custar metade do preço e aumentar seu alcance global.

Embora o WhatSim seja o primeiro chip do mundo dedicado exclusivamente para WhatsApp, esta não é a primeira vez que o serviço de mensagens é oferecido de graça por uma operadora. Por aqui, a TIM lançou há algumas semanas o “Controle WhatsApp”, um plano mensal de R$ 34,90 que dá acesso ilimtado ao programa do Facebook, mesmo após o cliente atingir o limite da franquia de dados, que é de 300 MB.
Nos últimos dois anos, empresas de telefonia móvel têm se movimentado para evitar que o SMS caia em desuso justamente por conta da popularidade de aplicativos como o WhatsApp. Em 2013, a receita com mensagens de texto das operadoras do mundo todo caiu pela primeira vez desde que o serviço foi lançado nos celulares, atingindo US$ 104 bilhões (4% a menos na comparação com 2012). Segundo um estudo da Strategy Analytics, ferramentas como o WhatsApp, Facebook Messenger e We Chat podem reduzir em 20% as receitas com SMS até 2017.

Fonte: http://canaltech.com.br/noticia/whatsapp/WhatSim-um-chip-de-celular-de-R-30-para-uso-exclusivo-do-WhatsApp/#ixzz3PaePeiZo

pt.pdf24.org    Enviar artigo em PDF